Número total de visualizações de página

terça-feira, 21 de março de 2017

Tempo novo!...

O presidente do PS da Guarda ameaça tirar "confiança política" ao ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, se não nomear dirigentes do partido para a gestão hospitalar do distrito.. 
E considera que a escolha de independentes “é o desacreditar do PS em termos distritais”.
Ora aí está o tempo novo!

3 comentários:

Rui Fonseca disse...




Estimado António,

Aqui está um tipo que diz o que pensa.
A política tornou-se frequentemente num negócio (se é que alguma vez deixou de ser) e um negócio é uma actividade de contrapartidas. Neste caso, de votos por tachos.
O presidente da distrital do PS da Guarda é apenas, entre outros, um político desavergonhado.

Pinho Cardão disse...

Ora aí está, caro Rui!

Carlos Sério disse...

Tempo novo, não. Tempo igual sim.